Os diretores do Sindicato dos Servidores da Fiscalização Agropecuária do Maranhão compareceram à SEGEP (Secretaria de Estado da Gestão, Patrimônio e Assistência dos Servidores – foto) e buscaram informações sobre benefícios que, com prazo de incorporação habilitado, ainda não foram implantados para estes servidores.

Diego Sampaio (presidente), Samuel Silva (vice) e Francisco Saraiva (tesoureiro) indagaram sobre progressões funcionais que deveriam ter sido incorporadas em março de 2020 e até aqui não o foram. Receberam informações sobre a tramitação dos benefícios e as providências que estão sendo adotadas para a solucionar o problema.

Pendências – As progressões – funcionais, adicionais de qualificação e por qualificação – são promoções devidas ao servidor quando cumprido tempo de serviço para mudança de classe ou categoria na carreira funcional. A implantação é automática e atesta o desenvolvimento do servidor nas carreiras ou cargos a que pertence.

No caso dos servidores da fiscalização agropecuária, foi apresentada aos sindicalistas relação de funcionários da Agência Estadual de Defesa Agropecuária (autarquia a que estão vinculados administrativamente) aptos às progressões. Foi dada a garantia de que a implantação se dará ainda no corrente exercício fiscal.

Entre outras justificativas para o atraso está a pandemia que interrompeu a normalidade dos serviços em 2020. Mas setores da SEGEP acreditam que o assunto será prontamente encaminhado e analisado pelos setores competentes da secretaria e solucionado com brevidade. E se colocaram à disposição da comitiva para futuros esclarecimentos.

Publicado em: abril 22nd, 2021 / Categorias: SINFA MA /

Compartilhar

Deixe um Comentário